Como uma agência de eventos contrata mágicos – Carlos Barrinha – Viver de Mágica

O presidente da 8 Com Marketing Solutions, Carlos Barrinha, foi o segundo palestrante do Congresso Viver de Mágica. O evento foi realizado em janeiro de 2017 para comemorar o Dia Internacional dos Mágicos e o aniversário de 10 anos do Portal da Mágica, celebrados no dia 31 de janeiro.

Público assistindo a palestra de Carlos Barrinha no Viver de Mágica. (Foto: Jean Viduolis)

A agência de Carlos Barrinha, que atua há 20 anos no mercado, contrata mágicos de R$500,00 a R$30.000,00 para os eventos de seus clientes. A atuação da 8Com é em convenções, festas, ações performáticas e open house, sempre na área corporativa.

“Aonde os mágicos entram? Absolutamente em tudo isso.” conta Barrinha ao falar para quais serviços contrata os mágicos.

Serviços prestados pela 8Com e que há contratação de mágicos.

Em sua palestra, Barrinha falou sobre como vê o posicionamento dos mágicos brasileiros, como as agências colocam rótulos nos artistas e o que o mercado espera do profissionalismo do mágico.

“Eu acredito no profissionalismo, e o que eu vou passar para vocês só vai tornar o meu trabalho mais fácil” disse Carlos Barrinha no início de sua palestra. “Porque vocês vão poder entender o que a agencia espera na hora de falar com os mágicos”.

“A gente só trabalha no mundo corporativo, que é um mundo totalmente profissionalizado. Nem sempre o contratante consegue enxergar isso, mas a agência só trabalha desta forma”, alerta Barrinha para quem tem interesse em atender este mercado.

Carlos Barrinha na palestra "O mercado corporativo" no Viver de Mágica. (Foto: Jean Viduolis)

Os produtores da agência dividem os artistas através de rótulos, conforme a percepção que tiveram de cada um. Por isso, quando solicitam um orçamento para um mágico, o artista já está enquadrado em uma faixa de preço pelo serviço que prestará.

“O Gustavo Vierini falou na sua palestra sobre o seu estilo. E é muito importante vocês entenderem que, querendo ou não, a agência enxerga você com um estilo. E isso vai levar você a ser o mágico de R$500,00, ou o artista de R$30.000,00. E eu não estou falando de qualificação técnica.” explica Barrinha.

Para assistir a um trecho da palestra do Vierini no Viver de Mágica, clique aqui.

Carlos Barrinha, da 8Com Marketing Solutions, no Viver de Mágica. (Foto: Jean Viduolis)

Barrinha também ressalta a importância de saber o perfil do público que será atendido na hora de passar um orçamento. Cada tipo de festa que as empresas promovem tem um investimento definido para a atração contratada, conforme o tipo de evento e o público presente.

“Eu tenho a festa de confraternização, que é aquela de final de ano, aonde o mágico vai fazer ou um show ou um close-up para os familiares, crianças e os funcionários da empresa. Esse mágico vai entrar em um nicho onde a empresa paga menos.” conta Barrinha sobre um dos nichos de atuação do mágico.

Porém, também há outro segmento, que são as festas de confraternização noturna. Neste público encontram-se gerentes, diretores e presidentes das empresas. “Se você vai fazer uma apresentação em uma confraternização noturna, você está falando com administrativo, diretoria, então você vai poder cobrar um pouco mais.”

Durante sua palestra, Barrinha dividiu com os mágicos congressistas presentes, como ele pode mudar a percepção que a agência formou da sua pessoa, quanto cobrar em cada segmento de mercado, como trabalhar em parceria com as agências e o que esperam que os artistas façam para atender com profissionalismo os seus clientes.

Você pode assistir a esta palestra na íntegra, e todas as outras do Congresso Viver de Mágicas 2017 adquirindo o Acesso Ouro. Clique aqui para adquirir o seu.



Sobre o autor
- O Portal da Mágica é um site para quem quer aprender mágica e conhecer o mundo secreto do ilusionismo.

Você pode usar essas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>